Bicampeão fora do Aberto da Austrália — CMIO Esportes

A ex-número um do mundo Naomi Osaka, 25, retirou-se do próximo Aberto da Austrália pouco mais de uma semana antes do início do primeiro evento do Grand Slam de 2023.

Osaka, vencedora do Aberto da Austrália em 2019 e 2021, caiu para a 42ª posição no ranking mundial e não participa de uma partida da WTA Tour desde setembro passado.

Nenhuma razão foi dada para sua retirada do evento. A ucraniana Dayana Yastremska foi promovida ao torneio no lugar da ex-campeã.

Osaka não é vista em ação na quadra desde que se aposentou da segunda rodada do Pan Pacific Open em Tóquio, onde era a atual campeã, e venceu apenas uma partida de tênis completa desde maio passado.

No ano passado, ela também foi derrotada na primeira rodada de três torneios de alto nível, incluindo o US Open, antes do evento de Tóquio.

Ela também foi derrotada na primeira rodada do Aberto da França, enquanto desistia de Wimbledon em junho após citar problemas relacionados a uma lesão no tendão de Aquiles.

Em maio de 2021, Osaka também desistiu do Aberto da França e posteriormente explicou à mídia que vinha sofrendo de crises de depressão e ansiedade desde sua ascensão ao destaque no esporte.

No mês de setembro seguinte, ela revelou que estava dando um longo hiato no tênis.

O jogador japonês se junta a nomes como Venus Williams, Simona Halep e Carlos Alcaraz como ausentes de destaque do evento de Melbourne, embora Novak Djokovic participe depois de perder o torneio do ano passado após sua deportação da Austrália, onde foi considerado não-jogador. em conformidade com os protocolos de vacinação Covid-19 do país.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:



Verificado por RJ983

Conteúdo internacional

Ver fonte