Esportes

Fifa exige remoção de ‘amor’ da camisa da Copa do Mundo – CMIO Esportes

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






A mudança ocorre poucas horas antes da Bélgica começar sua campanha no Catar na quarta-feira

A FIFA disse à Associação Real Belga de Futebol que deve remover a palavra ‘amor’ da gola da camisa do time visitante.

A mudança vem em conjunto com uma exigência do órgão regulador do futebol mundial de que vários times europeus abandonem a mudança para usar uma braçadeira de arco-íris ‘OneLove’ com o objetivo de promover questões anti-discriminação durante a Copa do Mundo da FIFA no Catar.

O pedido da Fifa ocorre no momento em que a Bélgica se prepara para o jogo de abertura da Copa do Mundo, na quarta-feira, contra o Canadá.

De acordo com a ESPN, a FIFA se recusou a entrar em diálogo com figuras do futebol belga sobre o assunto – com a saída afirmando que a federação belga ainda não decidiu se honrará o pedido da FIFA.

A situação também representa um problema logístico para a Bélgica, já que a palavra está costurada na gola da segunda camisa do time e exigiria que seu fornecedor de uniformes, a Adidas, enviasse uma camisa de reposição para o Catar.

O design, no entanto, não está vinculado à campanha ‘OneLove’, que atraiu tanta atenção da mídia nos dias anteriores ao início da Copa do Mundo, mas sim a uma colaboração com o popular festival de dance music Tomorrowland, com a camisa à venda por vários meses na Bélgica.

Ainda não está claro quais sanções a FIFA pode impor se a Bélgica prosseguir com os planos de usar a camisa em seu primeiro jogo na Copa do Mundo.

O impasse vem logo após o crescente escândalo da braçadeira ‘OneLove’, que levou a FIFA a informar várias equipes, incluindo a Inglaterra, que os jogadores que usam roupas não oficiais durante o torneio podem receber um cartão amarelo dos oficiais.

A FIFPRO, o sindicato global que representa os jogadores de futebol, criticou a FIFA em um comunicado esta semana dizendo que os jogadores que desejam usar braçadeiras com o tema do arco-íris não estão necessariamente fazendo declarações políticas.

Os jogadores devem ter o direito de expressar seu apoio aos direitos humanos dentro e fora do campo de jogo e apoiaremos qualquer um deles que usar suas próprias plataformas para fazê-lo.,” isto disse.

Mantemos que uma bandeira de arco-íris não é uma declaração política, mas um endosso da igualdade e, portanto, um direito humano universal.”

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:



Verificado por RJ983

Conteúdo internacional

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.