Esportes

Estrela do UFC é presa em aeroporto de Nova York — CMIO Esportes

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O lutador do UFC Israel Adesanya foi preso no Aeroporto JFK de Nova York na quarta-feira por posse de soco inglês, de acordo com relatórios. O incidente aconteceu poucos dias depois que Adesanya perdeu seu título dos médios para Alex Pereira em uma luta principal no UFC 281 no Madison Square Garden.

A agência de notícias americana TMZ informou que Adesanya foi detido pelo Departamento de Polícia da Autoridade Portuária perto do terminal da American Airlines pouco antes das 14h, horário local.

O lutador, que nasceu na Nigéria, mas vive na Nova Zelândia desde criança, foi supostamente encontrado com a arma, embora não esteja claro onde ela estava guardada, de acordo com o TMZ.

As soqueiras são ilegais no estado de Nova York e estão listadas como uma contravenção de classe A, potencialmente significando prisão e multa.


Campeão do UFC é destronado por impressionante nocaute técnico

Em uma declaração posterior, o gerente de Adesanya disse que o problema já havia sido resolvido e que seu cliente havia continuado sua jornada.

“Israel recebeu um presente de um torcedor, que colocou na bagagem” disse Tim Simpson em nome do lutador.

“Quando sinalizado no aeroporto, Israel rapidamente se desfez do item e cooperou com as autoridades. Ele obedeceu, com isso o assunto foi arquivado e ele está a caminho de casa”.

Adesanya, 33 anos, sofreu apenas a segunda derrota de sua carreira profissional no MMA ao ser parado na quinta rodada de sua luta contra Pereira na noite de sábado.

A luta ampliou uma rivalidade entre os dois que vem desde os tempos de kickboxing, quando o brasileiro também levou a melhor sobre ‘The Last Stylebender’ em duas oportunidades.

Adesanya questionou a paralisação do árbitro Marc Goddard por TKO no sábado como sendo muito cedo, enquanto o presidente do UFC, Dana White, já sugeriu que uma revanche imediata com Pereira está em jogo.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo internacional

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.