Esportes

Australian Open revela decisão sobre jogadores russos — CMIO Esportes

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O Aberto da Austrália não tem planos de banir jogadores russos e bielorrussos do torneio do ano que vem, disseram os organizadores, embora eles tenham que competir sob status estritamente neutro na final de Melbourne.

Falando à mídia na quarta-feira, o diretor do torneio e chefe do Tennis Australia, Craig Tiley, disse: “Neste ponto, os jogadores russos e bielorrussos serão elegíveis para jogar no Aberto da Austrália e, como todos os outros jogadores, terão que passar pelo processo (de entrada)”.

“A única diferença será que eles não podem representar a Rússia – não podem representar a bandeira da Rússia.

“Eles não podem participar de nenhuma atividade como o hino da Rússia e têm que jogar como jogadores independentes com um nome neutro. Mas eles serão bem-vindos ao Aberto da Austrália em janeiro.” Tiley acrescentou, de acordo com a Sky News.


Medvedev comenta sobre jogar sem bandeira russa

Apesar das proibições gerais de atletas russos e bielorrussos em uma ampla gama de esportes por causa do conflito na Ucrânia, os torneios masculinos de tênis ATP e feminino da WTA permitiram que jogadores dos dois países competissem em torneios internacionais como neutros.

Os organizadores de Wimbledon impuseram sua própria proibição a jogadores russos e bielorrussos no evento deste ano, citando a posição do governo britânico como parcialmente por trás da mudança. Isso resultou na ATP e na WTA tirando o Grand Slam de quadra de grama de seus pontos no ranking.

Os jogadores russos e bielorrussos estavam livres para competir como neutros no Aberto da França em maio e junho, bem como no Aberto dos EUA em agosto e setembro.

A Rússia e a Bielorrússia possuem alguns dos principais nomes do tênis. O russo Daniil Medvedev desfrutou de um período como número um do mundo masculino no início deste ano e foi finalista derrotado no Aberto da Austrália em janeiro. A estrela russa Andrey Rublev também está entre os dez primeiros do ranking masculino.

Aryna Sabalenka, da Bielorrússia, está em quinto lugar nas classificações da WTA, enquanto a compatriota Victoria Azarenka é duas vezes campeã do Aberto da Austrália e ex-número um do mundo. A russa Daria Kasatkina foi semifinalista do Aberto da França este ano e atualmente é a número 11 do mundo.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Banido Medvedev ‘trolls’ Wimbledon com post atrevido (VÍDEO)

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo internacional

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.