Esportes

Estrela bósnia explica posição no jogo russo — CMIO Esportes

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Miralem Pjanic e Edin Dzeko estão entre os que se opuseram ao próximo amistoso da Bósnia com a Rússia

A ex-estrela da Juventus e do Barcelona, ​​Miralem Pjanic, confirmou que não guarda mágoa em relação a jogadores de futebol russos, apesar de sua oposição ao amistoso anunciado recentemente entre os dois países.

Pjanic e seu companheiro de seleção Edin Dzeko foram os dois nomes mais proeminentes a questionar o arranjo da partida entre Rússia e Bósnia-Herzegovina que acontecerá em São Petersburgo em novembro, um dia antes do início da Copa do Mundo no Catar.

O clamor contra a partida proposta, que incluiu um apelo das autoridades ucranianas do futebol à FIFA e à UEFA para intervir, ocorre em meio a restrições esportivas em curso impostas à Rússia, inclusive pelos órgãos governamentais mundiais e europeus do futebol.

No entanto, as sanções se aplicam apenas a partidas competitivas, o que significa que a Rússia pode participar de amistosos – como o da Bósnia programado para a Gazprom Arena, além de jogos semelhantes no calendário contra Irã e Quirguistão.

E enquanto as autoridades do futebol na Bósnia e Herzegovina admitiram que vão reexaminar seus planos de jogar o jogo em meio à pressão internacional para cancelar, Pjanic, que é um dos jogadores mais internacionais de seu país na história, diz que, embora não esteja t ansioso para jogar a partida, sua briga não é com os próprios jogadores russos.


Países balcânicos comentam em meio a pressão para cancelar partida de futebol da Rússia

“A recusa em jogar o amistoso contra a Rússia?” Pjanic disse em entrevista ao DAZN na Itália.

“Recebi a ligação do diretor esportivo da seleção e ele me explicou essa possibilidade, eu disse que não fazia sentido no momento.

“A UEFA e a FIFA os colocaram de lado [banned them], o mundo inteiro sofre com essa situação e tivemos que ser os primeiros a fazer algo assim? Não vamos causar uma má impressão.

eu não tenho [anything against] Jogadores russos, mas se todos optaram por tomar partido contra este presidente [Putin]devemos segui-los.”

A associação de futebol da Bósnia e Herzegovina ainda não esclareceu se a nação balcânica pretende cancelar a partida, enquanto a Fifa disse à RIA Novosti que ainda não poderia comentar o assunto.

A Associação Ucraniana de Futebol, por sua vez, divulgou seu próprio comunicado no qual pediu à FIFA e à UEFA que cancelassem o jogo e acrescentou que a participação da Bósnia no amistoso “prejudicar a imagem de seu país”.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Rússia confirma visitantes para amistoso de futebol

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo internacional

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.