Esportes

Liga de futebol criada para incluir clubes da Crimeia, Donetsk e Lugansk — CMIO Esportes

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






A ‘Liga da Commonwealth’ também deve apresentar equipes da Abkhazia e da Ossétia do Sul, e das regiões de Kherson, Zaporozhye e Kharkov

Foi anunciada a criação de uma nova ‘Liga da Commonwealth’, incluindo times de futebol da Crimeia, bem como das Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk.

A competição também incluirá equipes dos estados da Abecásia e da Ossétia do Sul, reconhecidos pela Rússia, além de clubes da Crimeia e das regiões de Kherson, Kharkov e Zaporozhye.

A criação da liga foi anunciada por um serviço de imprensa na quarta-feira. A competição não será relacionada à União Russa de Futebol (RFU), acrescentou.

A notícia chega quando a integração da Crimeia no futebol russo emergiu como um tema particularmente quente novamente nas últimas semanas, depois que o recém-nomeado presidente da Premier League russa (RPL), Aleksandr Alaev, disse que era “inevitável” que as equipes da península entrariam em competições russas.


Chefe do futebol russo faz previsão da Crimeia

O futebol da Crimeia atualmente tem sua própria liga sob “status especial”, com a UEFA permanecendo contra a adesão de clubes ao futebol russo, apesar da região se juntar à Rússia em um referendo de 2014.

Foi anunciado esta semana que a Liga Nacional Russa de Futebol (FNL) estabeleceu um grupo de trabalho para analisar o processo de aceleração da integração da Crimeia.

O ex-presidente da União de Futebol da Crimeia, Yury Vetokha, disse à Match TV da Rússia na quarta-feira que algumas equipes da região podem se juntar à FNL já na próxima temporada.

Ele acrescentou que a recém-anunciada ‘Liga da Commonwealth’ pode ocorrer de abril a novembro do próximo ano, com mais de uma dúzia de equipes.

Em outro lugar, o ex-vice-presidente russo da FIFA, Vyacheslav Koloskov, disse esta semana que as autoridades em sua terra natal deveriam tentar negociar com a FIFA e a UEFA sobre a integração do futebol da Crimeia, mas que se seus pedidos não forem ouvidos, mais “decisões radicais” pode ser necessário.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo internacional

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.