Esportes

Chefe do futebol russo faz previsão da Crimeia — CMIO Esportes

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Aleksandr Alaev comentou depois de ser eleito como o novo chefe da Premier League russa

O futebol russo está em negociações não oficiais com órgãos governamentais globais e europeus para incluir clubes da Crimeia em sua jurisdição, de acordo com o presidente recém-empossado da Primeira Liga Russa (RPL), Aleksandr Alaev.

Alaev informou os repórteres sobre o desenvolvimento na tarde de terça-feira e, de acordo com a TASS, descreveu a Crimeia como um “zona especial” onde a UEFA deveria desenvolver o futebol “por oito anos” depois que a União Russa de Futebol (RFU) apresentou propostas sobre o assunto.

“Agora nossos colegas da FIFA e da UEFA não fizeram nada para o desenvolvimento, seja em termos de infraestrutura ou em termos de financiamento”, afirmou Alaev.

Ele disse que, embora o diálogo sobre o tema, que tem como prioridade a integração do futebol juvenil, tenha parado anteriormente, agora “retomada não oficialmente.”

“A tarefa para o futuro próximo é o desenvolvimento do futebol na península. Esta posição, ainda que não oficialmente, foi ouvida por colegas da FIFA e da UEFA”, Alaev continuou.


Clubes russos lançam batalha legal por política 'discriminatória' da FIFA - mídia

“Acho que o futebol da Criméia se moverá em um ritmo diferente no futuro próximo, é importante não queimar pontes. A integração do futebol da Crimeia no futebol russo é inevitável” acrescentou o chefe do RPL.

Apoiada pela UEFA, a União de Futebol da Crimeia (CFU) foi criada em julho de 2015, com sua própria liga contendo oito equipes começando no mês seguinte.

Ver as unidades da Crimeia se juntarem ao RFU e possivelmente ao RPL seria um marco na presidência de Alaev depois de ter sido eleito recentemente.

Também ocorreria em um momento em que a RFU está em conflito com a UEFA e a FIFA depois de banir equipes e clubes russos de competições internacionais, agindo de acordo com uma recomendação do Comitê Olímpico Internacional (COI) como resposta à operação militar na Ucrânia.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo internacional

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.