Diretiva Nacional

Advogado se dedica inteiramente à defesa e ao ensino de direitos animais

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Jason Doiy

Foto: Jason Doiy

Bruce Wagman trabalha em nome de cachorros, pássaros, cavalos e chimpanzés. Sócio da Schiff Hardin, ele é provavelmente o único advogado de uma grande empresa nos EUA cuja prática é focalizada unicamente em proteger os direitos legais dos animais.

Além de sua prática jurídica, Wagman dá cursos sobre direitos animais em três universidades de Direito: Universidade da Califórnia, Hastings College of the Law, UC-Berkeley e Stanford.

“Não considero tanto um trabalho, mas um chamado. Sinto que é a única coisa que eu deveria estar fazendo e sou muito grato por fazer isso diariamente”, disse.

“Nunca represento animais especificamente porque até agora, infelizmente, não há nenhuma maneira legal de fazer isso, há sempre pessoas por trás. Represento abrigos, grupos da Humane Society, centros de resgate que cuidam de animais e promovem sua adoção, além de outras pessoas em uma série de questões. Aconselho alguns dos maiores clientes organizacionais em suas políticas, procedimentos e estratégias para avançar em campanhas públicas”, contou em entrevista ao The Recorder.

Um dos grandes casos em que Wagman esteve envolvido foi no Novo México em que processou o Department of Fish and Game por colocar armadilhas para pumas. Em outro, ele processou o Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos EUA, que decidiu tirar os lobos cinzentos da lista de espécies ameaçadas.

Quando questionado sobre o trabalho com animais selvagens e domésticos, Wagman respondeu: “Para o meu coração? Não, não há diferença. Eu me sinto da mesma maneira sobre todos os animais por quem luto. De cachorros a chimpanzés, elefantes, galinhas, vacas, porcos”.

Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.