Destaques

Sequenciamento genético do coronavírus: trabalho brasileiro é o primeiro da América Latina

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Pesquisadores brasileiros fizeram o primeiro sequenciamento genético do coronavírus na América Latina em apenas 48 horas.

O trabalho foi desenvolvido pelo Instituto Adolfo Lutz em parceria com o Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da USP e com a Universidade de Oxford, da Inglaterra.

Para sequenciar o DNA do coronavírus foi utilizado um dispositivo portátil de uma startup britânica. O equipamento é menor que um celular e é conectado a um computador por um cabo USB.

A amostra é analisada por poros em escala nanométrica e depois um software decodifica os dados montando a estrutura do vírus.

Trabalhos semelhantes ao redor do mundo tem levado em média 15 dias para obter o sequenciamento. O mapeamento do DNA do coronavírus é fundamental para o desenvolvimento de novos testes, diagnósticos e vacinas.

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.