Criptomoedas

Cofundador do Terra, Do Kwon, enfrenta mandado de prisão na Coreia do Sul

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Conforme relatado pela Bloomberg, Do Kwon, cofundador do Terra, e cinco outros receberam um mandado de prisão após o acidente da UST em maio de 2022. De acordo com uma mensagem de texto da promotoria em Seul, a prisão é baseada em alegações que incluem violações da lei do mercado de capitais do país. Nem Do Kwon nem a Procuradoria Suprema da Coreia do Sul emitiram uma declaração no momento da redação. Após as notícias, o preço do LUNA diminuiu 45% para US$ 2,40. Além disso, o valor de mercado caiu 42%, para US$ 413,2 milhões.

O Terraform Labs, que hospeda o Terra (LUNA) e a stablecoin algorítmica TerraUSD (UST), foi notícia no início deste ano, quando ambas as criptomoedas entraram em colapso. O acidente levou a perdas combinadas de aproximadamente US$ 60 bilhões entre a UST e sua criptomoeda irmã, LUNA. Após o crash da UST, o mercado de criptomoedas sofreu perdas maciças como um todo, com o mercado diminuindo em US$ 2 trilhões de maio a junho.Após o acidente, Do Kwon pressionou pela criação de uma nova versão da moeda LUNA.

A implosão da Terra desencadeou investigações legais sobre a empresa e seus fundadores na Coreia do Sul e nos Estados Unidos.

Esta não é a primeira vez que Terra e seus cofundadores estão na mira das autoridades. No início de junho, um funcionário não identificado da Suprema Promotoria da Coreia do Sul anunciou que vários funcionários da Terraform Labs não podiam deixar o país e foram colocados em uma lista de exclusão aérea. Além disso, os promotores invadiram a casa do cofundador da Terraform Labs, Daniel Shin, em julho, como parte das investigações.

Todos os seis indivíduos com mandados de prisão mais recentes estão atualmente localizados em Cingapura.

Disclaimer: Notícias antecipadas trazidas do exterior – RJ983

Traduzido do original – fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.