Osasco

IML e SVO de Osasco voltam a funcionar na Vila Osasco após reforma e modernização

Texto: Olga Liotta
Imagens: Marcelo Deck

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, esteve no Serviço de Verificação de Óbitos de Osasco (SVO) e Instituto Médico Legal (IML), localizados na Rua Diogo Benitez, 100, na Vila Osasco, na segunda-feira, 29/8, para fazer uma visita técnica ao local, que passou por reforma e ampliação e voltou a funcionar nesta terça-feira, 30/8.

A reforma geral contou com pintura interna e externa, manutenção elétrica e hidráulica, troca de pisos, portões, portas e janelas e nova iluminação para os ambientes, recepção, sanitários, salas de administração, espera, corpo de delito, necrópsia, câmara fria, almoxarifado e outros. Também foram adquiridos novo mobiliário, equipamentos e materiais para a execução dos serviços.

Com a modernização, o espaço ganhou a “Sala Lilás”, que atenderá exclusivamente mulheres vítimas de violência, e a Sala de Reconhecimento, com divisória e proteção de vidro, sem que haja contato direto com o corpo.

Para que a reforma fosse realizada, foi preciso transferir o serviço para a Policlínica zona Norte, onde estava instalado o Hospital de Campanha durante a pandemia de covid. A transferência foi autorizada mediante comum acordo entre os técnicos da Secretaria de Saúde do Município, Secretaria de Estado da Saúde e Secretaria de Obras, em reunião colegiada, que avaliaram requisitos como o isolamento e infraestrutura adaptável às peculiaridades do serviço; a facilidade no acesso do local e o sistema adequado de esgoto.

“Essa reforma é uma vitória para todos! Para os funcionários, ter um ambiente mais adequado e moderno para se trabalhar, melhora inclusive a autoestima, e para o munícipe, oferece mais qualidade no atendimento. Estamos todos muito contentes”, destacou o gestor da unidade, Fábio Rodrigues da Silva, mais conhecido como Fábio Babu.

Os serviços são integrados e têm a gestão compartilhada entre a Prefeitura e Governo do Estado. O IML de Osasco oferece atendimento de perícia (corpo de delito) e necrópsia, ou seja, o Instituto Médico Legal está vinculado à Superintendência da Polícia Técnico-Científica do Estado São Paulo, e fornece bases técnicas em Medicina Legal para o julgamento de causas criminais, sendo a necrópsia (exame do indivíduo após a morte violenta ou suspeita), a mais conhecida das funções. Já o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), vinculado à Prefeitura, constitui-se no exame dos corpos de pessoas que morrem sem assistência médica ou por causas naturais desconhecidas, excluídas aquelas que foram vítimas de violência.

Ambos atendem, além de Osasco, outras seis cidades da região oeste da Grande São Paulo: Barueri, Carapicuíba, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

“O grande diferencial da obra foi a ampliação de 120 m² de área construída. A Câmara Fria, que é um espaço delicado e extremante técnico, passamos de 6 metros para 25m², o que permite que tenhamos um maior armazenamento. Não é a palavra mais indicada, mas dentro do cenário que passamos com a pandemia, era uma necessidade ter um espaço maior que oferecesse mais dignidade na dispensação dos corpos para o sepultamento adequado de todos os que aqui adentrarem. Foi toda uma preocupação da Secretaria de Saúde, dos técnicos e da Prefeitura nesta questão para com os munícipes e familiares, então é um ganho extremamente importante, num momento sempre difícil para as famílias”, explicou o secretário de Saúde, Fernando Machado.

Machado reforçou ainda que o SVO é um serviço extremamente estratégico, pois pertence à rota de sete municípios da região, que atende em conjunto ao IML, que pertence à Segurança Pública do Estado de São Paulo, e configura outros serviços de segurança pública, como o corpo de delito, que agora passa a ter o atendimento compartimentado em entradas e fluxos diferenciados, fazendo que não haja cruzamento entre familiares e, porventura, criminosos. “É um ganho irreparável e necessário e que entregamos para Osasco e região. Um atendimento muito mais humanizado diante da complexidade do serviço e o momento com as famílias”.

Também estavam presentes, os vereadores Josias da Juco (presidente da Câmara), Carmônio Bastos, Fábio Chirinhan, Julião, Zé Carlos do Santa Maria, os secretários municipais Suzete S. Franco (adjunta da Saúde), Waldyr Ribeiro (Serviços e Obras), Sérgio Di Nizo (Governo), Rodolfo R. Cara (Esportes), Érika Galdino (Coordenadora Geral do SAMU),  Marcize Garcia (diretora geral dos serviços funerários), Enoque Luz (diretor Núcleo Controle de Zoonoses), Dr. Arthur Henrique Pontin (médico legista chefe de Osasco/Polícia Técnico-Científica), Dr. José Otávio de Felice Junior (diretor do Centro de Perícias do IML), Dra. Marília de Deus Dias Vieira (médica legista SVO Osasco), Dra. Angélica de Almeida (médica legista e diretora do IML Capital e Grande São Paulo), José Francisco Zucco Junior (atendente do Centro de Perícias Policial), entre outros.

Serviço

Horário de funcionamento:

Lesão corporal: 9h às 10h e das 14h às 15h

SVO (liberação de corpos) – 24 horas para os 7 municípios: Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, Jandira, Barueri, Itapevi e Carapicuíba.

 

Este conteúdo oficial foi verificado por RJ983

Fonte Oficial




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.