Rio: prefeitura interdita quiosque que causou danos ao meio ambiente

A prefeitura do Rio de Janeiro interditou na manhã de hoje (17), um quiosque na praia do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste da cidade, que realizou um evento sem autorização e causou enorme transtorno e danos ambientais no bairro no domingo (15). A Secretaria de Ordem Pública (Seop) vai abrir um processo de cassação do estabelecimento e que vai ser ainda mais rígida nas ações de fiscalização para coibir as festas sem permissão pela prefeitura.

Os agentes da Seop e da Vigilância Sanitária realizaram nesta terça-feira uma ação de fiscalização no quiosque e flagraram diversas irregularidades como: armazenamento de alimentos sem devido asseio e procedência, utilização de canudos plásticos e não apresentação de documentos de limpeza da caixa d’água. Além disso, o alvará do estabelecimento era de bar e lanchonete e estava comercializando refeições para a população.

“Constatamos um evento [com o grupo de samba Clareou] sem autorização da prefeitura no domingo, no Recreio, e segundo informações haveria a participação desse quiosque também nessa produção. Por esse motivo, considerando os danos ambientais gerados, o acúmulo de lixo e a própria realização do evento sem autorização, estamos interditando por tempo indeterminado, as atividades desse quiosque e entrando com processo de cassação do seu alvará. Isso é uma resposta muito clara no sentido de que nós não vamos tolerar esse tipo de irregularidade aqui na cidade do Rio e que não teremos impunidade no município”, disse o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Ontem, a Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) aplicou multa aos organizadores do evento no valor de R$ 140.928,80, com vários agravantes como: dano ambiental, volume de lixo gerado, ausência de forma de disposição dos resíduos, área afetada e dano paisagístico. Num domingo de praia normal de verão, são recolhidos perto de 20 toneladas de detritos da areia no Recreio dos Bandeirantes. Neste domingo, com a promoção deste evento clandestino, o total de resíduos gerados chegou a 88,4 toneladas.

Veja na fonte oficial – IMG Autor