Brasileiras são escolhidas para arbitragem do Mundial feminino

Quatro brasileiras foram escolhidas pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) para fazerem parte da equipe de arbitragem da Copa do Mundo de futebol feminino, que será disputada entre 20 de julho e 20 de agosto na Austrália e na Nova Zelândia.

O Brasil será representado na competição pela árbitra central Edina Alves, pelas auxiliares Neuza Back e Leila Moreira da Cruz, e pela árbitra de vídeo Daiane Muniz dos Santos.

Esta é a segunda oportunidade na qual Edina Alves e Neuza Back participaram da arbitragem de uma edição da Copa do Mundo de futebol feminino. Elas participaram do Mundial de 20219, que foi disputado na França. Já Daiane esteve presente na Copa do Mundo feminina sub-20 ajudando no VAR (árbitro de vídeo).

A equipe de arbitragem da Copa do Mundo de futebol feminino contará apenas com mulheres dentro do campo, com 33 árbitras e 55 auxiliares. Apenas no VAR haverá presença de homens, com 13 representantes nas 19 vagas.

“A equipe de árbitras do Brasil é considerada pela FIFA uma das mais experientes entre os quadros designados. A entidade sente muita segurança na escalação das brasileiras. Esperamos que, dentro das necessidades da competição, elas estejam escaladas para os melhores jogos. Muito importante também a escolha da Daiane para o VAR. Ela tem muita experiência e faz parte dos nossos árbitros de vídeo do Brasileirão”, declarou o presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Wilson Seneme.



Veja na fonte oficial – IMG Autor