Torcedores chegam a Copacabana para assistir a Brasil e Coreia

Com um calor passando dos 30 graus, mas com nuvens aliviando o sol inclemente que apareceu pela manhã, o público começou a encher a arena Fifa Fan Fest na praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, espaço montado pela organizadora da Copa do Mundo do Catar.

A auxiliar de limpeza Bárbara Cristina Inácio, moradora do morro da Babilônia, no Leme, bairro vizinho a Copacabana, trouxe as filhas de 6 e 9 anos para a arena pela terceira vez para ver o jogo.

“As crianças foram para a escola só de manhã e eu fui liberada do trabalho à tarde, para poder ver o jogo. Então, a gente tem vindo sempre aqui, é um clima muito bom, as crianças gostam, interagem com outras crianças, fazem amiguinhos.

Acompanhada de um casal de amigos e o filho de 4 anos, de Pedra de Guaratiba, na zona oeste, ela arrisca um placar de 2 a 0 para o Brasil. “O time tem que ter mais garra, para ter mais gols. Mas vai passar pela Coreia sim.”

Com o mesmo palpite de placar de Bárbara, o aposentado Hélio Sebastião mora em Manhumirim, no interior de Minas Gerais, e veio ao Rio apenas para ver o jogo “no meio da galera”. “Vim sozinho mesmo, nessa Copa é a primeira vez, mas nas outras eu vinha sempre. Está muito bom aqui. O Brasil vai ser campeão”, afirmou

A partida entre Brasil e Coreia pelas oitavas de final do torneio começa às 16h. Após o jogo, haverá show de Xande de Pilares. Também receberam arenas da Fifa as cidades de Dubai, Cidade do México, Londres, São Paulo e Seoul.

Torcedores chegam a Copacabana para assistir a Brasil e Coreia

Torcedores começam a encher a arena Fifa Fan Fest na praia de Copacabana – Tomaz Silva/Agência Brasil

Segurança

A Polícia Militar do Rio de Janeiro informou que vai empregar aparato tecnológico e equipes policiais para garantir a segurança durante o jogo da seleção brasileira. Serão cerca de 300 policiais atuando na orla de Copacabana, além do projeto PMERJ Digital e os drones do Grupamento Aeromóvel.

De acordo com a corporação, a utilização de drones para auxiliar o policiamento no perímetro da arena “surtiu excelentes resultados”. “Durante a primeira fase da Copa do Mundo, os policiais militares efetuaram oito prisões e duas apreensões de adolescentes, quase todas por prática de furtos e roubos. Nesses três primeiros jogos, 54 indivíduos foram abordados”, informou a Polícia Militar.

Já o projeto PMERJ Digital integra o sistema do Cerco Eletrônico, no qual as equipes utilizam as câmeras de monitoramento individuais nas ruas.

Também haverá reforço de policiamento no Parque de Madureira e no entorno do Estádio do Engenhão, ambos na zona norte da cidade.

Veja na fonte oficial – IMG Autor