Homens armados matam doze pessoas em mesquita na Nigéria

Homens armados mataram uma dúzia de fiéis na Nigéria e sequestraram vários outros de uma mesquita na noite de sábado (4), disseram moradores locais neste domingo, no mais recente ataque de gangues armadas no norte de o país.

Esses grupos atacam comunidades, matando pessoas ou sequestrando-as para pedir resgate. As gangues também exigem que os aldeões paguem taxas de proteção para poderem cultivar suas colheitas.

Lawal Haruna, morador de Funtua, no Estado natal do presidente Muhammadu Buhari, Katsina, disse à Reuters por telefone que os homens armados chegaram à mesquita de Maigamji em motocicletas e começaram a atirar, o que forçou os fiéis a fugir.

Cerca de doze pessoas, que participavam das orações noturnas, foram atingidas pelo tiroteio e mortas, disse Haruna.

“Eles então reuniram muitas pessoas e as levaram para o mato. Estou rezando para que os bandidos libertem as pessoas inocentes que sequestraram”, disse Abdullahi Mohammed, outro morador de Funtua.

O porta-voz da polícia do Estado de Katsina, Gambo Isah, confirmou o ataque e disse que vigilantes apoiados pelo Estado, com ajuda de alguns residentes, conseguiram resgatar alguns fiéis.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

Veja na fonte oficial – IMG Autor