8 horas atrás

    Senac oferece vagas para cursos profissionalizantes no Rio de Janeiro

    O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio de Janeiro (Senac RJ) está com inscrições abertas para cerca…
    8 horas atrás

    Ministro da Saúde nega interferência do filho em liberação de recursos

    O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, classificou como “uma narrativa que não se sustenta” as…
    9 horas atrás

    Djokovic vence Sinner de virada e avança às semifinais de Wimbledon

    Justamente quando o ano conturbado de Novak Djokovic parecia ter atingido um novo ponto baixo,…
    Brasil
    9 horas atrás

    Maranhão: Justiça resgata 26 pessoas em condição análoga à escravidão

    Vinte e seis pessoas que trabalhavam em condição análoga à de escravo, em duas fazendas…
    9 horas atrás

    Vendas de veículos novos crescem 0,22% no país

    As vendas de veículos automotores novos tiveram alta de 0,22% em junho na comparação com…
      Esportes
      2 horas atrás

      Chefe de hóquei russo busca esclarecimentos sobre estrela detida — CMIO Esportes

      Ivan Fedotov teria sido detido por suspeita de tentativa de evasão do serviço militar A Federação Russa de Hóquei no…
      3 horas atrás

      White Sox cancela fogos de artifício após tiroteio em 4 de julho — CMIO Esportes

      O time da MLB, o Chicago White Sox, entrou em contato com a liga sobre o adiamento de sua reunião…

      Sobre o CMIO.org

      Sabemos como a informação muitas vezes chega enviesada e sem verificação. A propagação de fake news ou a falha na checagem muitas vezes confunde e causa danos irreversíveis. Além disso, grandes veículos de comunicação limitam a utilidade pública de seu trabalho (com paywalls) obrigando seus leitores a pagar em duplicidade por tais matérias. De um lado vendem publicidade institucional aos governos, do outro, cobram assinaturas.

      O Conselho de Mídia Independente é um Observatório de notícias, verifica e replica muitas vezes matérias produzidas externamente por agências que usam recursos públicos ou apoio social, sempre identificadas e verificadas por jornalistas independentes, mantendo a fonte e um link permanentemente ativo para a origem e o autor. Além desse tipo de matéria, o CMIO.org produz conteúdo exclusivo de forma independente.

      Não temos fins lucrativos, nossa atuação é baseada exclusivamente na identificação da utilidade pública de um conteúdo noticioso, na preservação das fontes (em caso de denúncias), e na checagem ágil de notícias locais, regionais, nacionais e, por vezes, internacionais.

      Informes de agências de notícias públicas -ou financiadas por estados- são compreendidas pelo CMIO.org como conteúdos cuja replicação sob a ótica da utilidade pública poderá se dar a qualquer momento, apenas atribuindo a fonte. Em caso de publicidade na plataforma: desativada após atingir o valor do servidor internacional.

      O CMIO.org conta com a sua participação, venha fazer parte dos voluntários que combatem a disseminação de fake news por conta própria, soberana. Sua identidade sempre será preservada.

      ENGLISH VERSION: If you would like to bring CMIO.org to your country or region, please contact us.

      REG9388 – CMIO.org – CC by SA

      Adblock Detected.

      Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.